Correio Central
Voltar Notícia publicada em 01/11/2021

Ouro Preto (RO): corpo de mototaxista encontrado morto é sepultado sem velório

João Batista tirou a própria vida; mototaxista estava passando por uma depressão profunda, segnudo familaires.

Sepultado no final da tarde desta segunda-feira (01/11) em Ouro Preto do Oeste-RO, no cemitério Campo Santo, o corpo do mototaxista João Batista Alves, de 56 anos, que tirou a própria vida neste final de semana, enforcando-se.

O corpo de Batista, como era popularmente chamado, e trabalhava no ponto da praça dos Coqueiros, na marginal da BR-364, foi encontrado morto hoje pela manhã por um filho, pendurado em uma corda. Ele não fazia contato com familiares desde sábado, último dia que fez contato pelo celular com um colega de trabalho.

A motocicleta que Batista utilizava no serviço de transporte individual de passageiros, estava estacionada no quintal da residência onde ele morava.

Como o corpo já apresentava estado de decomposição, não foi possível a família realizar o velório, o veículo do serviço funerário permaneceu em Ji-Paraná durante todo o dia para fazer a necrópsia do corpo, e ao retornar familiares e amigos aguardavam em frente à funerária para acompanhar o cortejo até o cemitério.  

A morte de João Batista Alves é mais uma vida perdida para a depressão profunda, extrema. Um familiar revelou que ele já havia tentado se suicidar. No último final de semana, lamentavelmente a tragédia se consumou na família de João Batista.

O mototaxista era capixaba, natural de Ecoporanga.  

Correção: publicamos o sobrenome Freitas, ao invez de Alves, o texto foi corrigido. 

Fonte: www.correiocentralro.com.br