Correio Central
Voltar Notícia publicada em 10/02/2024

Em Jaru, polícia prende dois suspeitos de atear fogo e matar jovem com requinte de crueldade

A vítima teve 75% do corpo atingido pelo fogo. O jovem chegou a ser internado em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos.

No fim da tarde desta sexta-feira (09), uma diligências foi realizadas pela Polícia Civil com o apoio da Polícia Militar para localizar os suspeitos de participação em um bárbaro homicídio ocorrido na noite da última quarta-feira (07).

Uma câmera de segurança registrou o exato momento que duas pessoas, que chegaram em uma motocicleta com outro motociclista, colocam fogo em um homem no meio da rua, após entrarem em vias de fatos, na noite de quarta-feira (07), na rua Ricardo Cantanhede, no Setor 05 de Jaru. A vítima saiu correndo e entrou numa residência e foi correndo para o banheiro.

Maicom William Cardoso Madeira seguia pela rua de bicicleta quando em dado momento, duas pessoas em uma motocicleta param e começam a agredi-lo, usando capacetes. Em dado momento, uma outra pessoa chega de motocicleta e entrega algo para um dos agressores, que vai em direção da vítima e joga o líquido inflamável na vítima, em seguida Maicom é incendiado.

CÂMERA DE MONITORAMENTO GRAVOU O MOMENTO DA AÇÃO CRIMINOSA E CRUEL

A vítima sai correndo com o corpo em chamas e entra numa residência em direção ao banheiro. O Corpo de Bombeiros é acionado e socorre a vítima até o Hospital Sandoval de Araújo Dantas.

Os jovens foram localizados em um apartamento no Setor 05 de Jaru. No momento da chegada dos policiais, um dos envolvidos foi encontrado escondido na área de serviço.

Ambos foram encaminhados a Unisp de Jaru, onde ficaram a disposição da Justiça. O terceiro suspeito não foi localizado.

*Anotíciamais/jornaljaru

Fonte: Anotíciamais com jornaljaru

Leia Também