Correio Central
Voltar Notícia publicada em 20/11/2021

Enquanto bombeiros retiravam carro de rio, outro cai e passageiros são salvos, em MT

Vectra, que caiu no rio, com as quatro rodas para cima, atingiu a região do crânio do bombeiro militar ajudava no resgate.

O caso foi registrado, hoje, no rio Gameleira, nas proximidades de uma fazenda localizada na MT-432, em Confresa (1.011 quilômetros de Cuiabá). Um VW Gol branco, placas de Confresa, e um GM Vectra prata, placas de Rio Verde (GO), foram retirados do local, com auxílio de uma retroescavadeira e um caminhão prancha.

Duas pessoas que estavam no Vectra chegaram a ficar presas, foram resgatadas pelo Corpo de Bombeiros (ambas quase se afogando), mas recusaram encaminhamento médico. Um soldado, que estava nas águas no momento, foi atingido na cabeça, mas ficou consciente e também não precisou ser encaminhado à unidade hospitalar.

De acordo com o registro da ocorrência, inicialmente a guarnição foi informada que havia um veículo submerso no rio. No local, os mergulhadores não conseguiram constatar se havia ocupantes no Gol, em decorrência da água ser suja, com pouca visibilidade, e sinais de contaminação. Neste momento, a Polícia Civil também foi acionada.

Em seguida, um funcionário de uma fazenda disponibilizou a retroescavadeira e o caminhão. Um soldado então entrou no rio para fazer amarração no eixo traseiro do Gol. No entanto, enquanto era realizado o procedimento, o condutor do Vectra tentou uma passagem forçada sobre a ponte, onde o caminhão estava parado e ocupava todo o espaço.

Consta ainda que o condutor do caminhão fez movimento para posicionar a retroescavadeira para iniciar a retirada e houve a colisão com o Vectra, que caiu no rio, com as quatro rodas para cima, e atingiu a região do crânio do militar. Os demais bombeiros que estavam no local entraram na água para salvar os ocupantes do carro.

Com os dois salvos às margens, o Gol e o Vectra foram retirados. Ambos estavam bastante danificados, com os para-brisas quebrados, lataria e teto amassados, bem como outros danos.

Agora, a Polícia Civil investigará o caso para identificar o proprietário do Gol, e constatar as circunstâncias de como o carro foi parar no local. As informações são do site sonoticias.com.br

Fonte: sonoticias.com.br