Correio Central
Voltar Notícia publicada em 16/05/2022

Cavalgada e missa marcam inauguração da cruz do Morro Chico Lana em Jaru

O empresário Francisco Lana, o popular Chiquinho do Mercado Confiança, juntamente com a sua esposa Sandra, construíram um monumento sobre uma serra na propriedade da família, localizada às margens da BR-364, Km 431.

A cavalgada de uma comitiva uniformizada, seguida de uma missa celebrada pelo padre Divino Raimundo, com liturgia e animação da Comunidade São José, marcaram no final da tarde deste domingo (15) a inauguração da cruz do Morro Chico Lana em Jaru.

O empresário Francisco Lana, o popular Chiquinho do Mercado Confiança, juntamente com a sua esposa Sandra, construíram um monumento sobre uma serra na propriedade da família, localizada às margens da BR-364, Km 431, em frente ao parque de exposição da Cooaja, em homenagem aos pais já falecidos, Francisco Lana e Maria Martins Lana.

O casal Chico Lana e dona Maria adquiriram essa propriedade rural em 1985 e no ano de 1987 saíram de Minas Gerais para Rondônia, tendo escolhido Jaru para viver com seus 4 filhos, netos e bisnetos.

Em 15 de novembro de 2018 a dona Maria faleceu e o seu Chico Lana também foi a óbito em 5 de agosto do ano passado.

Para homenageá-los, uma cruz com 10 metros de altura foi instalada sobre a serra, que foi batizada como Morro Chico Lana. A cruz foi confeccionada em estrutura metálica, revestida de alumínio composto e com iluminação em LED.

Uma capela de Nossa Senhora Aparecida, semelhante a da Comunidade São João Batista, e outra menor com a imagem ainda da Santa Edwiges, da qual ele é devoto, também foram construídas sobre o morro, além de muros de pedras para as pessoas se sentem.

Uma estrada de acesso também foi construída e o local se transformará em um espaço para que familiares e amigos que queiram meditar, possam realizar suas orações.

Segundo Chiquinho, a cruz era um sonho antigo do senhor Chico Lana e poderá ser vista a qualquer hora do dia e da noite da BR-364 e da RO-464.

“Papai e mamãe, a distância permite saudade, mas nunca o esquecimento, sempre que olharmos para este morro, sentiremos muitas saudades e o coração apertado, mas cheios de orgulho por tudo aquilo que nos ensinaram em vida”, registrou Chiquinho em uma placa que foi instalada no monumento e descerrada durante a missa.

“Estava tudo nos planos de Deus. Aos nosso olhos, tudo era difícil, como iríamos construir uma cruz sobre pedras? Seria impossível! Mas para Jesus, tudo é possível. E assim, com muita fé, sem medir esforços, lá estavam eles com muita coragem para realizar nossos sonhos. Sob sol escaldante, as vezes sob chuva, lá estavam eles, mas Jesus sempre os presenteavas com uma linda paisagem. Era um sonho que foi realizado com muito amor, carinho e dedicação. Obrigado a todos que me ajudaram a realizar esse sonho, em especial ao Gil e sua família e ao Romildo e familiares”, agradeceu Chiquinho aos construtores da cruz.

Um grande número de familiares e amigos da Família Lana prestigiaram o evento, que com certeza ficará marcado no coração de cada um dos presentes.

Fonte: Anoticiamais

 

Fonte: anoticiamais.com.br